Navigieren auf Kanton Zug

Política

A Suíça é uma nação de consenso, isto é, não forma uma unidade étnica nem linguística nem religiosa. O país é um Estado federal desde 1848. A estrutura de Estado da Suíça é federal e está dividida em três níveis políticos: a confederação, os cantões e as freguesias.

A confederação é a designação suíça do Estado. A confederação possui três poderes: o poder executivo (Conselho Federal), o poder legislativo (parlamento) e o poder judicial (tribunal superior). A separação de poderes aplica-se a todos os níveis políticos (confederação, cantões, freguesias).

Os cantões são os Estados de origem que se uniram em 1848 formando a confederação. A Suíça é composta por 26 cantões. Zug é um desses cantões.

As freguesias políticas constituem o nível mais baixo da ordem do Estado. A par das tarefas que lhe são atribuídas pelo respectivo cantão e pela confederação, as freguesias têm também competências próprias em diferentes áreas (Gemeinden).

O povo suíço é, segundo a Constituição Federal, o soberano do país, ou seja, a instância política superior. Ele abrange as mulheres e homens adultos com a cidadania suíça. Indivíduos com menos de 18 anos e cidadãos de outras nacionalidades não têm direitos políticos a nível da confederação. O soberano elege o parlamento (poder legislativo). O parlamento elege o governo (poder executivo) e o tribunal superior (poder judicial). Os três poderes estão rigorosamente separados uns dos outros. O povo suíço pode influenciar diretamente a constituição e as leis propostas mediante os instrumentos políticos da iniciativa e do referendo.

Brochura: Bem-vindo/a à Suíça em 12 línguas.

Weitere Informationen

Fusszeile

Deutsch